UPA Central de Santos | Central de Convênios – FUABC

Administrada desde a inauguração pela Central de Convênios-FUABC, a Unidade de Pronto Atendimento Central de Santos – mais conhecida como UPA Central – completou em 16 de janeiro de 2017 um ano de assistência na área de urgência e emergência. Somente em 2016, foram realizadas 206.055 consultas no local, um aumento de 87% em relação ao computado no ano de 2015 no antigo Pronto-Socorro Central (109.903).

A unidade apresenta ainda estrutura física moderna, ambiente acolhedor e agradável, é amplamente climatizada, informatizada e interligada às demais unidades de saúde da cidade. Conta com equipamentos de alta tecnologia, com destaque para camas motorizadas e para monitores multiparâmetros da sala de emergência.

A implantação da UPA Central também trouxe para o município novas formas de parceria e de gestão, que se mostraram bem-sucedidas. O prédio onde a unidade se localiza foi construído totalmente pela Fundação Lusíada, que investiu R$ 22 milhões, sem qualquer custo para a Prefeitura. A edificação também abriga laboratórios e salas de aula da universidade. Outro marco é que a UPA Central é o primeiro equipamento público do município de Santos a ser gerido por uma Organização Social (OS), a Fundação do ABC.

 

CLASSIFICAÇÃO DE RISCO

O melhor entendimento pela população sobre a classificação de risco praticada em Santos desde 2014 também foi uma conquista da UPA Central: quem apresenta risco de morte é imediatamente atendido, não permanecendo na sala de espera. Os demais usuários são classificados por cores, que identificam o estado de saúde: os amarelos apresentam risco alto e são atendidos prioritariamente; os verdes, grupo no qual entram as gestantes e os idosos, têm risco moderado; e os azuis, por não apresentarem risco, são atendidos por ordem de chegada.

O serviço prestado na UPA Central foi avaliado junto aos usuários por duas vezes desde a sua inauguração. Levantamento realizado pelo Instituto de Pesquisas A Tribuna, em março de 2016, mostrou que 95,8% dos usuários aprovavam o serviço. Nos meses de junho e julho, a Ouvidoria Municipal instalou um posto móvel na UPA para receber sugestões, queixas e elogios. A aprovação do tempo de espera para a classificação de risco na UPA Central foi de quase 90%, enquanto a aprovação do tempo de espera até a consulta com o médico atingiu cerca de 80%.

UPA CENTRAL DE SANTOS
Rua Joaquim Távora, 260. Vila Mathias
Santos (SP). CEP: 11075-330
Tel.: (13) 3213-2525