AME Santo André

AME Santo André inicia atividades em outubro de 2010

 

Com agendamentos de consultas a partir de 25 de outubro, o Ambulatório Médico de Especialidades (AME) de Santo André começou a atender a população em três especialidades: otorrinolaringologia, oftalmologia e cirurgia vascular. Na quarta-feira, 20 de outubro, tiveram início as atividades administrativas internas, com um quadro gestor e clínico somando cerca de 50 profissionais. A equipe foi selecionada pela Fundação do ABC-OSS (Organização Social de Saúde), mantenedora da Faculdade de Medicina do ABC e parceira da Prefeitura de Santo André e do Governo do Estado na administração do novo equipamento público. A solenidade oficial de abertura em 26 de outubro contou com o governador Alberto Goldman.

O AME será acionado gradualmente, conforme a consolidação do atendimento. Em Santo André estão previstas 28 especialidades médicas e potencial em torno 16 mil atendimentos/mês. Trata-se do segundo maior AME do Estado, atrás apenas de Heliópolis. A FUABC calcula que a equipe final terá cerca de 300 profissionais.

O AME Santo André vem ao encontro de proposta idealizada pelo prefeito Aidan Ravin de agilizar o atendimento da saúde de forma semelhante ao realizado pelo Poupatempo do Estado na área de documentação e tributos. Por isso é batizado de Poupatempo da Saúde, onde o paciente concentra em um único dia consultas, exames e retorno com o médico. Nesse modelo, quem necessita de tratamento especializado é encaminhado para serviços de referência no mesmo dia. As consultas são feitas com hora marcada pela Central de Regulação de Vagas do Estado, que por sua vez é abastecida pela rede de saúde básica dos municípios (UBSs e Unidades de Saúde). O paciente, portanto, deve primeiro passar nas UBSs.

O AME Santo André funciona na Vila Vitória, na Av. Capitão Mário de Toledo Camargo, 3.330, em prédio de cinco andares cedido pela Prefeitura e totalmente reformado. São 5,2 mil metros quadrados de área. O Estado criou a rede AME em 2007 e traçou como meta implantar 40 unidades até o final de 2010. A unidade de Santo André foi a 36ª.

Estrutura de ponta

Entre os destaques da unidade Santo André está o Hospital Dia, que ocupa todo o 4º andar para pequenas cirurgias. Serão 4 leitos de recuperação pós-cirúrgica e anestésica (RPA), 3 salas cirúrgicas e uma enfermaria com 18 leitos.

No total haverá 28 consultórios para atendimento de especialidades como Nefrologia, Pneumologia, Neurologia, Oftalmologia, Otorrinolaringologia, Infectologia, Hematologia, Endocrinologia, Dermatologia, Alergologia, Gastroenterologia, Proctologia e Urologia, além das áreas de Cirurgia Vascular, Cirurgia Geral e Cirurgia Cardiológica. Espaço exclusivo para receber o público infantil também está previsto, assim como um Centro de Reabilitação para atendimentos em Fisioterapia, Acupuntura, Espirometria, Psicologia, Nutrição e Terapia Ocupacional, entre outros.

O equipamento de saúde também terá salas para coleta e realizará exames de tomografia, raio-x, mamografia, densitometria óssea, ultrassonografia, colposcopia, colonoscopia, urodinâmica, audiometria, eletroencefalograma e eletroneuromiografia.

O local foi fornecido pela Prefeitura, que também arcou com investimentos da obra e manutenção. Ao governo do Estado coube equipar todo o complexo, assim como repassar o custeio mensal. A gerência clínica-administrativa está a cargo da Fundação do ABC, que já é parceira do Estado de São Paulo na administração do AME Praia Grande desde 2009 e do Hospital Estadual Mário Covas de Santo André, desde 2001.

Ao lado do prédio central do AME Santo André foi erguido anexo que concentrará áreas como farmácia, restaurante e almoxarifado, entre outras. A estrutura desse espaço térreo já prevê futura ampliação e suporta construção de mais cinco andares, cujo projeto interliga os prédios e aproveita até mesmo os elevadores para atender os dois complexos.

AME Santo André
Av. Capitão Mário de Toledo Camargo, 3330 - Vila Luzita
Santo André (SP) - CEP: 09171-125
Tel. (11) 4454-6100